Necessidades correntes nas empresas referentes

a processos de transferência de Arquivos

 

Público alvo – C-Suite LOB - Diretorias, gerências, Chefias

Maior Necessidade – Atender as expectativas dos clientes.

Problemas comuns nas empresas:

  • Dificuldades de sincronizar a cadeia de valor para atender as expectativas dos clientes.
  • Dificuldades para alterar e incluir regras, regras exclusivas, novos processos, parceiros, clientes.
  • Qualidade da Comunicação atrapalha a eficiência no atendimento das expectativas dos clientes.
  • Limitações no âmbito da colaboração com cadeias de valores extendidas de parceiros/fornecedor dificultam um melhor atendimento ao cliente.

 

Público alvo – IT GRC - Gerência, Risco e Compliance

Maior Necessidade – Reduzir risco e aumentar a segurança dos arquivos.

Problemas comuns nas empresas:

  • *      Uso do FTP geram enormes riscos de segurança na transferência de arqs sensíveis.
  • *      Necessidades de resolver questões relacionadas à auditoria e regulações.
  • *      Necessidade de melhorar a visibilidade e controles dos processos.
  • *      Necessidades de obter acesso e informações do processo como um todo (end to end).
  • *      Necessidades de obter alertas sobre falhas.

 

Público alvo – IT Operations - Operações

Maior Necessidade – Permitir novas iniciativas.

Problemas comuns nas empresas:

  • Usuários transferem arquivos como anexo de email.
  • Questões sobre capacidade de tamanho do anexo do email é limitado pelos servidores.
  • Outras soluções como Dropbox, FTP, pen drives ou soluções próprias da empresa são frequentemente usadas. E causam mais problemas.

 

Público alvo – Data Transfer - Operações de Transferência

Maior Necessidade – Consolidar infraestrutura e aumentar SLAs.

Problemas comuns nas empresas:

  • Como manter a empresa atualizada com os diversos requerimentos para conectividade dos clientes/parceiros/fornecedores? ( Protocolos, mapping, onboarding)
  • Onboarding longos.
  • Padrões mandatários (AS2, SFTP…)
  • A empresa é obrigada a dizer não à clientes com frequência, por não ter condições técnicas de Infra estrutura, para atender o cliente.